domingo, 11 de janeiro de 2009

DEPOIS DA AGUA, A TERRA, OU SEJA A FLORESTA

Passeo primeiro pelo parque

a ver as temperaturas .....

pois havia o que havia ....... brrrrr ......

mas com sol

e bem equipada ......

e sempre curiosa a meter as patas em tudo .....

chega-se a floresta e ve-se muita beleza ....

e muitas curiosidades :))

e a madeira suficiente para sustituir o gas ruso

E isso tambem ainda existe ......

até pronto, floresta, que gosto de ti, nao tanto como do Atlantico, mas tambem muito ........ é e um amor menos complicado ....... muito menos complicado mesmo :))

5 comentários:

Storinha disse...

Muito bonita a tua escolha de fotos! A floresta também tem os seus encantos, claro, mas o mar tem uma magia indescritivel!
Beijinho

WOLKENGEDANKEN disse...

Concordo contigo, Strorinha,eu tambem adoro o mar, mas tenho que apreciar o que é perto e facilmente acessivel :))

Micas disse...

Como eu te entendo... eu que nasci no litoral minhoto e que trabalhei num grande estaleiro naval... habituada a ter o atlãntico sempre à mão e a vista, agora tb procuro nos parques e florestas a paz que sempre encontro no mar... e quase consigo, o inverno aqui é mais bonito que em Portugal, a luz do sol reflectida na neve é única, tal como a luz do sol sobre Lisboa :)

Mr. Mojo Risin' disse...

Schöne Fotos!!!

um abraco...

ALMARIADA disse...

Fez-me lembrar um provérbio dos índios Xuar que é mais ou menos assim: "De dia há o índio e a floresta, de noite o índio é a floresta."