segunda-feira, 30 de julho de 2012

6 MESES DEPOIS DE ......

não dizer grande coisa estou aqui outra vez.

Muito tempo sem falar nem escrever português. Provavelmente acumulam-se os erros. Bah, e qué ? 



A última vez que estive em Portugal não gostei. A primeira coisa que me aconteceu foi esquecer o meu casaco no taxi . Foi em Fevereiro e havía um frio impressionante em Viena,  época de casacos. Naturalmente o taxista nunca mas apareceu. Bom, considerei a minha contribução para a crise em Portugal. Más como gosto de andar na praia pela noite tive de comprar um casaco qualquer. Passei horas num centro comercial, de pessimo humor pensando que não tinha venido tão longe para perder o tempo num sitio destes. O casaco que finalmente comprei agora fica no armario sem ter saido nem uma vez. Um souvenir inutil.

Depois continuavam os problemas e desgostos. O meu telemovil português deixou de funcionar e pelo tanto não tinha os contactos dos amigos portugueses. Pensei que sendo as coisas assim ía descansar com passeios na praia. Más,sei lá por qué, não gostei muito. A minha loja preferida onde sempre comprava todas as minhas malas, muito originais, tinha fechado. O restaurante do hotel só tinha exactamente a mesma comida que meses antes. No fundo todos detalhes sem importancia más tudo junto ....

Sentía-me como estando no falso momento no falso lugar. Gastei uma fortuna em contar ao telefone as minhas “desgraças“ ao meu companheiro que mereceu uma medalha de paciencia e comprensão porque ele não tinha ferias e trabalhava muito e eu contava que não gostava de absolutamente nada do que fazia. E outra medalha mereceu porque nunca disse “ninguem te obrigou a ir a Portugal“ ou “poderías ter ficado em casa“ ou “eu estou a trabalhar e estou farta de ouvir queijas das tuas ferias“ e um largo etc que podería ter dito e não disse.

Nem posso dizer que me podería ter deprimido o ambiente de crise. Não, nem sai da zona turística e no Estoril não se sinte a situação verdadeira é um pouco uma zona extraterritorial. Tambén o Atlantico era o mesmo de sempre. Differente era eu ....

Total foi uma estadia bastante negativa e nem consegui analizar muito bem o porque. A ver se vou fazer outra tentativa em Outubro ou não. 



3 comentários:

VÉU DE MAYA disse...

Como conservei o teu link na minha página...ao abrir tropecei com o título...mal sabia eu que tinhas estado em Portugal...mas essas pequenas contrariedades já passaram...E estás novamente em Viena. De certo não tinhas o meu email. então agora seria uma pena deixares o blogue abandonado.

Deixo-te o meu abraço carinhoso.

Véu de Maya

Graça Pimentel disse...

Já aqui não vinha há um tempo e deparo-mne com esta tua vinda a Portugal. Realmente não foi famosa mas eu já te tinha dito (há muito tempo) que tinhgas era de ir ao Porto. Aí eu tinha o casaco para ti, boa comida, boa gente e visitas guiadas a tudo quanto é lindo no Norte. Para a próxima ruma a Norte.

Beijinhos

WOLKENGEDANKEN disse...

Sim, parece ser que a proximo vez terei de visitar o Norte de Portugal onde sei que há muitas coisas boas e interessantes na minha espera.