quinta-feira, 4 de setembro de 2008

RESPEITO ? RESIGNAÇÃO ?

A passeiar por alguns blogs encontrei este texto que publico a continuação.

REPOSTAS:

1. Sim, é uma flagrante violação do copyright ......

2. Se tem qualquer coisa a ver con a minha vida ? Obviamente tem, senão não gostaria .......

3. A situação em que estou a pensar ao ler este texto foi mesmo assim ? Sei lá .......

Um dia abriste o teu coração para mim e eu pensei que já estavas preparado para me deixar fazer parte do teu mundo, que me tinhas aberto a porta e a ias deixar sempre assim, ou então, quando a fechasses, me dirias o segredo da fechadura e eu ia poder entrar sem restrições.

Mas se calhar, quando isso aconteceu, eu entrei de rompante e assustei-te. Devia ter percebido que a porta estava apenas entreaberta, como num convite a quem passa para entrar, mas que era preciso bater à porta e ver se alguém estava disponível para essa intromissão. E que quando entrasse devia entrar com “pezinhos de lã” e apalpar o terreno. Espero que não as voltes a fechar completamente….que deixes que a luz vá entrando e que com ela eu entre também.

Agora sei que és uma ilha, com entradas e passagens secretas e que tenho que ter a paciência para chegar ao sítio onde tu te escondes. Demora o teu tempo, eu sei que tenho que acertar o meu passo por ele….Quando quiseres eu vou estar à espera do convite para o mundo desconhecido que é só teu…. Agora sei que tenho que esperar, que não posso ser a precipitada do costume…. Perdoa-me se mexi em coisas que não devia….

26 comentários:

ALMARIADA disse...

Ou:
Imaginação?
Metáforas materiais para estados de espírito?
Desilusão?
Acho que todos temos experiência de pensar assim, de sentir isto... Mas, quando é o contrário e nos "invadem a casa"... :( ficamos sem palavras... porque não queremos magoar e não sabemos como dizer...

ALMARIADA disse...

Será que isto ajuda?

"Quando Deus fecha uma porta abre sempre uma janela"

Tudo bom para ti! :)

Véu de Maya disse...

Um humano resignado só poderia repsitar a resignação...cairía então na armadilha de um conceito sem intuição...mas quando se trata da relação com o outro outros rios poderão correr para o mar...o que não se pode mesmo mudar tem mesmo que se aceitar...será isso resiganação ou começo de sabedoria...o texto pode ser uma lição de filosofia...

abraço filosófico

WOLKENGEDANKEN disse...

Almariada: Certo , ninguem quer ser invadido, mas alguns já se conseideram invadicos por muito pouca coisa...

A proposito das portas e das janelas: gosta muito da ideia, mas acho que somos nos que temos que abrir as janelas ..... Ao esperar que se ocupe algum deus, pode demorar demais :))

um abraco amistoso

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola Luis ! Acho efectivamente que é um texto muito sabio..... é resignado só na medida que é necessario abandonar a ideia que sempre podemos conseguir o que queremos, que é só questao de por mais energia e tudo é possivel.Mas nao é .....E como tu bem dizes "outros rios poderão correr para o mar " Sempre adoro as metaforas "de agua" :)))

Professorinha disse...

Podemos não conseguir o que queremos, mas podemos sempre tentar! ...

Beijos

mdsol disse...

Q. Wolkengedanken
O que me ocorre, e dito de um modo sintético, é o seguinte: tão importante é saber dar como saber receber. Normalmente só se fala de quem não sabe dar. Mas há quem seja incapaz de receber. Muito menos o que lhe é dado de forma muito natural, sem grandes rodeios.
Beijinhosssssssssssssss

:))

WOLKENGEDANKEN disse...

Querida Sol !
Nao saber receber .....Sim, tens razao, há pessoas com tao pouca confianca na vida e nos outros que sao incapazes de se abrir e de receber.Em outras palavras alguem vencido pela vida....Triste !

Pois, querida Sol, era como tu bem viste, o ponto que me interessou neste texto. Ainda funciona a nossa onda comun :)) Bom descanso

Mr. Lynch disse...

Wolkengedanken;
Há pessoas que são como fortalezas. É necessário tempo para entrar... paciência...
A pessoa a que te referes parece ser instransponível... como algumas fortalezas o são.

intimidades disse...

nem sempre o que queremos e o que precisamos

Jokas

Paula

WOLKENGEDANKEN disse...

Hi Mr. Lynch ! Como eu disse, o texto nao é meu , mas é verdade que a pessoa em que eu pensei a proposito é uma fortaleza, mas uma fortaleza que imagina ser um espaco aberto. Ou seja uma fortaleza com uma imagem muito errada de si mesmo :))

PAULA,obrigada pela visita. Sim, tens razao !! Gostaria de entrar nesta fortaleza, mas provavelmente depois de entar constataria que faltam espaco, luz, ar e liberdade..... :))

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola professorinha !

Tentar sempre podemos ! De facto sou uma grande especialista de causas perdidas :)) Nao é verdade que as causas perdidas tem um encanto especial ??!!

Anônimo disse...

Q. Wolkengedanken,
Centrado nos emails esqueci-me de que continuavas com o teu blog. De modo que só com dois dias de atraso vejo este post. E devo dizer-te que não o entendo bem. Para simplificar digo-te já que concordo com o comentário da MDOSOL. Mas continuo perplexo. Porque dizes que "obviamente" "tem (...)a ver com a [tua] vida". Ora escreveste-o no dia 4. Tem a ver com a tua vida actual ou com a tua vida passada ? Sem isso não consigo comentar-te...
:))) Zé-Carlos

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola José-Carlos ! Nao há misterio nenhum :) Encontrei esse texto há tempo e impressionou-me porque lembrou-me uma situacao da minha vida. "obviamente" refire-se simplesmente ao facto que se nao compreendesse a situacao nao me impressionaria o texto.Nada mais. Nao tem absolutamente nada a ver com a nossa correspondencia :))
um abraco, um bom domingo e até pronto :))

mdsol disse...

Ah! como me fez bem vir aqui, ler os comentários... Neste domingo, (oh! como eu não gosto dos domingos)os comentários e as tuas respostas são a prova provada de que há coisas boas aos domingos!
beijinhos dominicais!
:)

Anônimo disse...

Olá ! Céus ! Fico mais descansado...Pois é. Isto de portas, fechaduras, entreabrir e abrir, tem muito que se lhe diga...Mas não creio que, com a tua experiência, não sejas capaz de deslindar tais situações.
Um grande abraço, :)) Zé-Carlos

ALMARIADA disse...

"depois de entar constataria que faltam espaco, luz, ar e liberdade" e se calhar está tudo cheio de pó e ainda tinhas que fazer a limpeza! ;)

WOLKENGEDANKEN disse...

Ay,Almariada :)) Que horror, com o que eu detesto os trabalhos domesticos!! Mas neste caso, nao sei, teria que pensar muito bem, ver os pontos positivos e negativos, reflectir ..... e depois sabes o que faria ? pois seguiria o corazao, sou assim :)) Mas ninguem pode dizer que nao penso e nao reflecto :)))

PS: o teu blog tambem esta outra vez impenetravel. E pena !

ALMARIADA disse...

Agora que já toda a gente te disse que não te preocupes e que isso passa, etc. e que também já brincámos sobre o assunto vou confessar-te que há um album dos "Madre de Deus" chamado "Lisboa" que eu ouvia sem parar quando tive um grande, enorme, desgosto de amor. Sobretudo a canção "Estrada do Monte"... é de uma tristeza infinita e fazia-me chorar ainda mais... e mais...

Mando-te a letra do Pedro Ayres de Magalhães mas era a música e a voz da Teresa Salgueiro que me partiam o coração:

"Não digas nada a ninguém
que eu ando num mundo triste
a minha amada, que eu mais gostava,
dançou, deixou-me da mão;
Eu a dizer-lhe que a queria
ela a dizer-me que não
e a passarada
não se calava
cantando esta canção
Sim, foi na estrada do monte
perdi o teu grande amor
Sim ali ao pé da fonte
perdi o teu grande amor

Ai que tristeza que eu sinto
fiquei no mundo tão só
e aquela fonte, ficou marcada
com tanto que se chorou
Se alguém aqui nunca teve
uma razão para chorar
siga essa estrada
não custa nada
que eu fico aqui a cantar

Sim, foi na estrada do monte
perdi o teu grande amor
Sim ali ao pé da fonte
perdi o teu grande amor"

Se quiseres experimentar... :)

WOLKENGEDANKEN disse...

Querida Almariada ! Obrigada, eu adoro as cancoes tristes, de facto mais tristes, melhor. Mas, sabes, tambem rio de mim mesma porque apaixionei-me do homem provavelmente menos indicado no mundo, para criar uma situacao tao impossivel que é dificil saber se é para rir ou chorar..... sempre melhor rir, claro. E, duma situacao dolorosa, complicada, finalmente sairam para mim só coisas positivas ..........

dona tela disse...

Foi hoje a minha rentrée!

Beijinhos.

WOLKENGEDANKEN disse...

Ah optimo, dona Tela. Entao fico a espera dum dos seus posts "sulfuricos"

mena m. disse...

Obrigada pelas muitas visitas!
Berlim não tem mar, mas tem muitos lagos com praias , onde em vez de gaivotas andam os patos e os cisnes...

Um abraço

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola Mena !
E um prazer admirar as suas fotos !
Até a proxima :))

Anônimo disse...

Então e mais posts, para quando ?????
:))) Zé-Carlos

WOLKENGEDANKEN disse...

"E para amanha....." Mas nao a maneira do Antonio Variacoes. Amanha vou passar 5 horas horrivelmente aborrecidas mas excelentemente pagadas nos corredores da escola entre as salas de exames para evitar que os candidatos comuniquen entre eles e vou levar o portatil para trabalhar e tambem dara tempo para fazer um postinho ? um postzinho ? :)))