sábado, 4 de outubro de 2008

Comida biologica

Naturalmente não se pode nem se deve comparar a situação referente aos preços dos alimentos nos paises pobres e nos paises ricos.

Mas para quem vive em Europa, em riqueza relativa, a comida de qualidade também está a se transformar num luxo. Quem tenta evitar dentro do possivel, insecticidas, pesticidas, hormones, antibioticos, plantas geneticamente transformadas etc..... tem que aumentar consideravelmente o orçamento para a comida.

Admirem umas vistas do meu supermercado biologico preferido:


PATATAS DOCES


BOM, ENFIM PODEM-SE COMER MAÇÃS. MAS TODOS OS DIAS :((


FIGADO DE GALINHA. JA SEI QUE NAO SE DEVE COMER FIGADO MAS ADORO .....


VACA .....

Agora quem não se preocupa por consumir porcarias de tudo tipo ..... vive barato

15 comentários:

Girafa cor de rosa disse...

Os alimentos, de uma forma geral, estão caríssimos! Os de agricultura biológica (e há diferenças até no paladar) mais ainda!! Por isso, concordo, é um luxo consumir este tipo de produtos, mas de facto são muito melhores...eu cá prefiro comprar alguns destes alimentos, do que encher a casa de hambúrguers e coca-cola...mas isso, são opções!! Bom fim de semana!!

intimidades disse...

e mais barato ser-se pouco saudavel

Jokas

Paula

ALMARIADA disse...

E que tal fazer uma horta?

http://aeiou.visao.pt/Pages/Lusa.aspx?News=200810048847494

"Hortas distribuidas pela Câmara de Guimarães."

A Câmara de Viena já se lembrou disto?

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola girafa !

concordo contigo: nota-se a diferenca e é melhor menos coisas mas de qualidade do que poucas que só se podem chamar porcaria :))

WOLKENGEDANKEN disse...

Ah Paula, mas só a corto prazo !! a acumulacao de venenos no corpo paga-se tarde ou cedo ! como ves sou uma grande fa da comida biologica :))

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola Almariada !

sim, conheco iniciativas assim na periferia de Viena, mas nao sei se sao da camara ou de iniciativa privada. De qualquer forma sao camponeses que se ocupam de sembrar diferentes legumes e as pessoas podem "alugar" determinadas parcelas de terra onde podem colher os seus legumes, patatas etc.

Tambem há pessoas como a minha vizinha que plantam tomates ou ervilhas na varanda. E por que nao ? eu, a unica coisa comestivel que planto sao ervas de concinha de todo tipo, mas tenho que reconhecer que geralmente nao utilizo para a cocinha. Só gosto muito nos dias de grande calor quando pela noite se regam as ervas tem um cheiro fantastico, e é uma festa para os sentidos :))

Professorinha disse...

Vive barato... mas não vive muito...

Beijos

mdsol disse...

Em Portugal acontece o mesmo. Os produtos ditos biológicos são mais caros.
Não é fácil tentar "viver bem".
:))

WOLKENGEDANKEN disse...

Professorinha, eu tambem acho, melhor qualidade que quantidade

WOLKENGEDANKEN disse...

Paula , nao sei porque mas o teu comentario desapareceu entre o e-mail e o blog :(
De qualquer forma: sim gostei muito da foto. E que há fotos eroticas de mulheres feitas para homens (sera o 99%) e outras feitas para mulheres e esta em questao acho que é da segunda categoria :))

WOLKENGEDANKEN disse...

Ola Solzinha ! Espera-se que os produtos "ditos biologicos" tambem o sejam, nao ? :)) Senao - dados os precos - até uma pessoa pacifica como eu poderia estrangular uns tantos responsaveis do engano.

Mas sabes, há meia hora que me informei que o governo austriaco - a seguir o governo alemao - vai garantizar ao 100% o dinheiro privado nos bancos. Nao estava muito preocupada, mas agora já nao estou de nenhuma maneira e vou dormir descansada.... :))

prafrente disse...

Nos anos 80 li um estudo publicado na Suissa onde se demonstrava que os produtos biológicia não são assim tão "inocentes" quanto nos querem fazer crer.A produção industrial de alimentos está devidamente regulamentada para produzir o mínimi de impacto na sáude pública.Se isso não acontece é porque os produtores violam as leis e a fiscalização não actua...
Por outro lado o preço de uma alimentação biológica não é compativel com a bolsa das familias carenciadas. Elas são confrontadas com o dilema de morrer com fome ou morrer envenenados.Mas também é verdade que devemos preocupar-nos com o melhorar os nossos hábitos alimentares.

Quanto á tua pergunta no meu blogue a resposta é: estou a frequentar uma licenciatura em "serviço social".Em Portugal, os profissionais nesta área, chamam-se "assistentes sociais"...

Gostei do teu artigo...

Anônimo disse...

Me llama la atención su preocupación por este tipo de alimento.En mi localidad,los alimentos se exponen sin esos tipos de controles que tienen ustedes.Uno no sabe su procedencia,ni la manipulación que han tenido.Lo bueno como trópico,es que uno puede echar una semillita en cualquier tierrita y te aseguro que crecen estos vegetales o frutas sanitos y sin necesidad de ningún producto químico.En cuanto a la carne,unas gallinitas no vienen mal en ningún sitio......Es gracioso como las circunstancias de la vida plantea problemas en unos sitios y en otros ni se piensa en ellos.

WOLKENGEDANKEN disse...

Hola Marinieves! Debes ser tu :))

Estos son los temas interculturales que hacen tan interesantes estos intercambios, verdad. Pero en este caso me parece que no será tanto la diferencia entre "tropico" y otros climas pero la diferencia entre campo y ciudad ! Quien tiene en una ciudad la posibilidad de plantar verduras para no hablar de galinas !!
Y sabes si alguna vez hubieras visto la "produccion industrial" por exemplo de galinas, y te aseguro que es una produccion industrial y no una cria de animales comprenderias mejor nuestra preocupacion. Estos pobres bichos no solo que nunca ven outro cosa del mundo que unas jaulas repletas de otros bichos,son nutridos con unas porquerias impresionantes incluyendo hormones e antibioticos. Imagina lo que tu comes cuando comes esta carne !!!!

Pero así en general, claro es muy interesante ver como temas que se consideran importantisimos un algunos sitios nunca se plantean en otros.

un besito para ti y estoy muy contenta de verte aqui. Me parece que los blogs son de lejos mas interesantes que las plataformas. A ver si abres uno tambien.No es nada complicado :)))

LuCe disse...

Nada como voltar a ter um quintal para as frutas e hortaliças. Mas até ter um quintal já se tornou num luxo. Interrogo-me muitas vezes se vivemos melhor que nos tempos em que se cultivava mais a terra e não se comprava nos supermercados.